Principal Pontos Turísticos Hotéis Restaurantes Eventos Fotos Vídeos Contato
Menu do Site
Fotos da cidade
  Principal  
Pontos Turísticos
Hotéis
Restaurantes
Agenda de eventos
Fotos
Vídeos
História
Serviço ao turista
Links úteis
Hidrovia Tietê
Parceiros
Fale conosco
     
     
 
     
   
  História de Barra Bonita
 
Fundação:1883
Aniversário da cidade: 19 de março
Santo Padroeiro: São José
Ascensão a Distrito: 26/11/1896
Ascensão a Vila: 19/12/1906
Ascensão a Município: 14/12/1912
Instalação do Município: 8/3/1903
Ascensão a Comarca: 31/12/1963
Instalação da Comarca: 3/1/1965
Inclusão no Roteiro Turístico do Estado: 28/6/1967
Transformação em Estância Turística: 14/9/1979
Brasão da cidade - Estância Turistica de Barra Bonita
 
 
Os bandeirantes chegaram a Barra Bonita desbravando o Rio Tietê e alguns se instalaram aqui. No decorrer do tempo formou-se uma vila que recebeu o nome de Barra Bonita por ser um pequeno porto para embarcações formando uma barra, e por ser muito bonita. 

Em 1865 famílias italianas e espanholas influenciadas pela localização geográfica às margens do Rio Tietê e indícios de pedras preciosas, fixaram residência e começaram as derrubadas de mata para iniciar o plantio de café, criação de gado e outras explorações.

A integração do município de Barra Bonita no roteiro turístico do Estado de São Paulo foi feita pelas condições de que o município recebe uma grande quantidade de visitantes e moradores locais à beira do Rio Tietê que corre em perímetro urbana, prática da pesca, a Represa de Barra Bonita ocupa grande área, desenvolvimento da piscicultura, prática de esportes náuticos e a Usina Hidroelétrica de Barra Bonita tem grande produção de energia elétrica e atrai a curiosidade e atenção dos visitantes.
 
     
     
     
  Fundadores de Barra Bonita  
  O Coronel José de Salles Leme, conhecido por Nhônhô de Salles, nasceu em Campinas e após se casar com Winifrida Owlpen de Camargo e Medela Dauntre, foram morar em Jaú, lá Nhônhô se tornou vereador e Presidente da Câmara Municipal. Adquiriu na região grandes áreas de terras para cultivar o café e no meio delas estava Barra Bonita.

Aqui construiu a primeira casa de comércio, foi o marco histórico da fundação da cidade, ponto de partida para a fundação do povoado oficializado em 19 de março de 1883. Faleceu em setembro de 1930 aos 87 anos em São Paulo.

João Baptista Pompeu, conhecido como Major Pompeu, conheceu Nhônhô Salles em uma casa de comercio onde trabalhava em Poços de Caldas, recebeu um convite de Nhônhô Salles para ajudar no estabelecimento comercial que estava montando em Barra Bonita, aceitou e entrou para a história de Barra Bonita como um de seus fundadores.

Juntos construíram a Sociedade Mercantil Salles & Pompeu que se localizava na rua 1º de Março, esquina com a Salvador de Toledo. Major Pompeu foi o primeiro prefeito da cidade, faleceu em fevereiro de 1930 aos 69 anos em Botucatu.
 
     
  Dr.Campos Salles, José de Salles Leme e João Baptista Pompeu  
  Dr.Campos Salles, José de Salles Leme e João Baptista Pompeu  
     
     
  Bandeira Municipal  
  O Brasão aplicado na Bandeira representa o Governo Municipal e o triângulo isósceles branco no qual está contido o Brasão, representa a própria cidade sede do Município. O triângulo é o símbolo usado nos Brasões para representar liberdade, igualdade e fraternidade e a cor branca simboliza a paz, amizade, trabalho, prosperidade, pureza e religiosidade.  A faixa branca central, carregada de sobre-faixa vermelha, representa a irradiação do Poder Municipal que se expande a todos os quadrantes de seu território. A cor vermelha é o símbolo de dedicação, amor-pátrio, audácia, intrepidez, coragem e valentia. As faixas laterais de azul representam as propriedades rurais existentes no território municipal, a cor azul é símbolo de justiça, nobreza, perseverança, zelo, lealdade, recreação e formosura.  
     
  Bandeira de Barra Bonita - SP  
     
  Hino da Cidade  
  CIDADE SIMPATIA
Hino oficial da Barra Bonita
Música e letra: Theotônio Pavão

Barra, que é mais bonita
palavras de amor vou cantar pra você!
Barra, da ilha encantada
tranqüila morada do médio Tietê!

Barra, da ponte dos arcos
e do vaporzinho que o tempo apagou
Barra, pujança que frême
e que Salles Leme um dia sonhou!

Os seus braços são verdes canaviais!
O seu beijo de açúcar sabe mais!
Seu povo hospitaleiro fez Munhoz dizer um dia:
Barra Bonita Cidade Simpatia

Barra, da lua bonita
e estrelas fulgentes brincando no céu!
Barra, de Otero e Pereira,
Salvador de Toledo, e do major Pompeu

Barra, da Usina e Turismo
que já foi de telha, tijolo e café!
Barra, do rio pequeno
que entra sereno no grande Tietê.

Os seus braços...
 
     
 
Escute aqui o Hino da cidade. Escute o Hino da Cidade
 
     
 
 
  Rio Tietê  
  Nasce na Serra do Mar, na cidade de Salesópolis no Estado de São Paulo a 22 km do Oceano Atlântico. Ao contrário do fluxo da maioria dos rios, o Tietê não corre em direção ao mar, ele corta todo interior do Estado de São Paulo até desaguar no Rio Paraná.
Barra Bonita foi uma das únicas cidades que foi totalmente povoada às margens do Rio Tietê. O Rio possui 42 km de extensão dentro da cidade com utilização de lazer como passeios de barco na eclusa, esportes náuticos, pesca e praias.
 
     
  Nascente do Rio Tietê - Salesópolis  
  Nascente do Rio Tietê - Salesópolis  
     
  Avenida e Busto Pedro Ometto  
  A principal avenida de Barra Bonita é a Pedro Ometto, que recebeu este nome para homenagear o pioneiro da indústria açucareira no município, foi ele o doador da área necessária para a abertura da avenida. Foi colocado na mesma avenida um busto em homenagem a este grande homem, que também recebeu o título de “Cidadão Benemérito de Barra Bonita”.  
     
  Avenida Pedro Ometto. Ao fundo os armazéns da Sorocabana.  
  Avenida Pedro Ometto. Ao fundo os armazéns da Sorocabana.  
     
     
  Usina da Barra S.A. Açúcar e Álcool - UBASA.  
  Em 1946, a Usina Costa Pinto adquiriu a Fazenda Pau D’Alho que até então cultivava o café, e no mesmo ano também é adquirida a Fazenda Aliança, ambas compradas pelo Grupo Ometto que possuía em outras terras industrias ligadas ao setor sucro-alcooleiro.
Para comandar a nova frente de trabalho, Pedro Ometto designa seu filho Orlando Chesini Ometto, na época com apenas 22 anos.
Em apenas dois anos, Orlando coloca a Usina Costa Pinto em funcionamento e em 1949 é constituída a “Usina da Barra S.A. Açúcar e Álcool – UBASA”.
Foi registrada como a maior moenda de cana do Brasil, exportando seu produto e gerando milhares de empregos para os cidadãos locais e da região.
Hoje a empresa faz parte da rede COSAN, a unidade Da Barra é a maior usina de açúcar e etanol do mundo em capacidade de moagem de cana. Com foco no varejo, é a responsável pela fabricação do açúcar Da Barra, marca que possui destacada participação no mercado nacional.
 
     
  Usina da Barra no ínicio das atividades em 1946  
  Usina da Barra no ínicio das atividades em 1946  
     
  Vista aérea da usina em 1978  
  Vista aérea da usina em 1978  
     
     
  Eclusa de Barra Bonita  
  Sua construção começou em 1962 e sua inauguração foi em 1973, levando aproximadamente 11 anos para ficar pronta. Possui 25 metros de desnível e o tempo de eclusagem leva doze minutos para subir e descer.
Tem importante poder econômico por viabilizar a Hidrovia Tietê-Paraná. Foi a primeira eclusa a ser explorada turisticamente no Estado de são Paulo. É a atração turística mais procurada em Barra Bonita pelos turistas do Brasil inteiro.
As empresas de Navegação turística em Barra Bonita oferecem passeios em seus barcos que levam os turistas para fazer a eclusagem. Existem três empresas, e os turistas podem optar pelos passeios com duração de tempo maior ou menor, além disso, algumas empresas alugam seus barcos para eventos particulares.
 
     
  A usina Hidroelétrica em construção no ano de 1956  
  A usina Hidroelétrica em construção no ano de 1956  
     
  Inauguração da Hidroelétrica de Barra Bonita 20/01/1963  
  Inauguração da Hidroelétrica de Barra Bonita 20/01/1963  
 
 
  Monumento ao Centenário  
  Foi promovido um concurso para marcar a passagem dos 100 anos de Barra Bonita, um estudante de arquitetura apresentou o melhor projeto e venceu, criou o Obelisco que leva as cores do município: verde, azul, branco e vermelho. O Obelisco tem como mensagem “Barra Bonita sempre vencendo”.  
     
  Obelisco quando inaugurado  
     
     
  Obelisco no ano de 2009.  
  Imagem do Obelisco no ano de 2009.  
     
  Marinha do Brasil  
  A Marinha do Brasil instalou-se em Barra Bonita em 1973, o atual terreno foi doado pelo município em 1985. A Capitania Fluvial do Tietê-Paraná foi criada em 1995 e tem como objetivo o propósito de contribuir para a orientação, coordenação e controle das atividades relativas à Marinha Mercante, segurança da navegação, defesa nacional, salvaguarda da vida humana e prevenção da poluição hídrica, na sua área de jurisdição.  
     
  Antigo Piscinão  
  O Conjunto Esportivo Wady Mucare foi inaugurado em 15 de outubro de 1972 contendo uma grande piscina com o formato do Estado de São Paulo, com a entrada franca atraía visitantes e a população local. A Piscina foi desativada e no lugar fizeram uma quadra esportiva, e em dezembro de 2000 o local foi remodelado com mais quadras esportivas, lanchonete, sanitários públicos, playground, paisagismo e o PIT da cidade que hoje fica em outro local.  
     
  Antigo Mercado Municipal / Barra Bonita Shopping  
  Em épocas anteriores, no local havia uma cerâmica desativada, foi construído o mercado Municipal e ao lado a Estação Rodoviária, ambos inaugurados em 1967. Foi notada a importância histórica o belo estilo arquitetônico do prédio, e hoje no local do Mercado Municipal existe um pequeno e aconchegante shopping, porém com variedade de compras. No piso superior funciona o Memorial do Rio Tietê administrado pela ONG Mãe Natureza.  
     
  Mercado municipa de Barra Bonita  
  Mercado municipal - inaugurado em 10 de dezembro de 1967  
     
  Estação rodoviária de Barra Bonita  
  Estação rodoviária - inaugurada em 10 de dezembro de 1967  
     
  Praça Doutor Tatinho  
  Em formato de um gigantesco barco a praça é toda caracterizada neste tema, seu centro tem uma fonte que antigamente saiam luzes e água em sintonia com a música que tocava, proporcionando muita diversão às pessoas.
Sua decoração é uma mescla de música com barco, tem letras musicais em todo chão e vendo a praça na altura do rio pela cidade de Igaraçú do Tietê do outro lado do Rio Tietê, nos dá a impressão de ser um navio de verdade que está parado no rio.
Com frondosas árvores, bancos, sanitários públicos, abriga também o busto do Dr. Clodoaldo Antonângelo (Dr. Tatinho), dois canteiros com a Bandeira do Brasil e a do Estado de São Paulo desenhadas com flores e plantas, o Museu Histórico Municipal Luiz Saffi e a Fonte do Saber.
 
     
  Fonte Luminosa – Praça Dr. Tatinho.  
  A inauguração da Fonte Luminosa e da Praça Dr. Tatinho ocorreu em 22 de setembro de 1968, tal projeto foi realizado pela Comissão Municipal de Esportes local. A Fonte foi considerada na época uma das mais modernas de todo o Brasil, pois a água que era jorrada fazia sintonia com a música tocada que era colorida com as luzes que saiam dos holofotes, um verdadeiro espetáculo para aqueles tempos. Todo o chão da praça foi calçado com motivos musicais.
A Fonte Luminosa foi construída justamente nesta Praça, para a cidade obter mais atrativos turísticos e assim evoluir seu centro turístico, visando atrair mais turistas e a população local.
 
     
  Clodoaldo Antonângelo – “Dr. Tatinho”.  
  Em sua administração como Prefeito de Barra Bonita, investiu na idéia do Turismo, realizou várias obras voltadas a este assunto: Avenida Pedro Ometto, Mercado Municipal, Hotel Turístico, Departamento Municipal de Turismo, entre outras. E com todo investimento a cidade foi inclusa no Roteiro Turístico do Estado.  
     
  Prédio da Antiga Estação de Trem/ Museu Histórico Municipal Luiz Saffi  
  Antes de ser Museu, o prédio funcionava como ramal ferroviário que se chamava Estação de Trem Barra Bonita, foi inaugurada em 15 de agosto de 1929 e com a implantação dos trilhos de bitola larga em Jaú houve uma redução no movimento de cargas e passageiros e foi extinta no dia 31 de agosto de 1966.
Em 1988 instalou-se no prédio o Museu Histórico Municipal Luiz Saffi que possui várias salas de exposições que contem grande acervo de fotos, objetos e histórias datadas do início de Barra Bonita.
 
     
     
  Estação da estrada de ferro de Bara Bonita (atual museu)  
  Estação da estrada de ferro de Bara Bonita (atual museu)  
     
  Estrada de ferro Barra Bonita  
  Estrada de ferro Barra Bonita - inaugurada em 15/08/1929  
     
  Praça Aníbal Reginato  
  Localizada às margens do Rio Tietê e ao lado da Ponte Campos Salles, a praça foi reurbanizada em 2004 com jardins, bancos, bares, sanitários públicos, Box variados e espaço para pesca com bela vista para o rio. Alguns Box alugam ou vendem material para pesca.  
     
  Ponte Campos Salles  
  Conhecida também como Ponte dos Arcos, é o maior patrimônio de Barra Bonita, foi importada da Alemanha durante o governo do Presidente Campos Salles, inaugurada em 05 de março de 1915. Sua estrutura é inteira metálica e seu comprimento total é de 148,40 metros, sua parte levadiça hoje é desativada servia para a passagem de barcos em épocas de alagamento do Rio Tietê. Interliga a cidade de Barra Bonita com Igaraçú do Tietê.  
     
  Ponte Campos Salles - 1915  
  Ponte Campos Salles, inaugurada em 05/03/1915
 
     
     
  Ponte do Açúcar  
  A construção da Ponte do Açúcar ocorreu a pedido das autoridades locais, com intenção de desviar o fluxo de transito dos automóveis da Ponte Campos Salles, para que ela fosse conservada e preservada. Foi inaugurada em 1970.  
     
  Ponte do Açúcar  
     
  Hotel Beira-Rio/ Antigos Armazéns da Estação Sorocabana  
  Antes de se tornar o hotel Beira-Rio, no local existia os antigos armazéns da Navegação Fluvial Sorocabana construídos pelo crescimento da cidade e da produção agrícola. Aos poucos os transportes fluviais foram extintos e os armazéns ficaram em desuso, então foram desativados.
Eles seriam demolidos para dar continuação à urbanização da Orla Turística do Rio Tietê, porém, foi notada a importância histórica e o belo estilo arquitetônico da construção, e em 1976 depois de reformado e restaurado deu-se lugar ao Hotel Beira-Rio.
 
     
  O Vapor Visconde de Itú - Armazens da Sorocabana  
  O vapor "Visconde de Itú", a lancha e os armazéns da "Sorocabana"  
     
     
  Praça Almirante Barroso (Praça do “Canhão”)  
  Inaugurada em junho de 1990 foi uma justa homenagem aos homens da Marinha do Brasil. Tem como atrativos o busto do Almirante Barroso, armamentos usados pela Marinha do Brasil como um canhão de artilharia antiaérea, um torpedo e uma âncora que em desuso servem para satisfazer a curiosidade de quem nunca esteve em uma guerra. Também é encontrado nesta praça a bilheteria e ponto de saída do teleférico.  
     
  Parque Turístico Waldemar Lopez Ferraz/ Mini Cidade da Criança  
  Situado em uma grande área próxima ao Rio Tietê o Parque Turístico abriga a Mini Cidade da Criança com inúmeras peças de parque infantil, réplicas em miniaturas da Igreja Matriz local, castelo Medieval e Saloon. Em toda extensão do Parque Turístico existe também um teleférico com altura de 12 metros com uma vista belíssima, pista de kart, pequena lagoa com passeios de pedalinho, área de alimentação e sanitários públicos.  
     
  Waldemar Lopes Ferraz  
  Formado em medicina, atuou em várias áreas, foi Líder Municipalista, Deputado e Secretário de Estado do Interior. Autor dos projetos de criação da Comarca, instalação da Escola normal de transformação de Barra Bonita em Estância Turística.
O Parque Turístico Waldemar Lopes Ferraz recebeu este nome em homenagem feita pelo povo.
 
     
  Hotel Turístico Municipal/ Praça Belmonte/ Centro Administrativo Ary Francisco Maia / Casa da Cultura Fernando Moraes  
  O Hotel Turístico Municipal foi inaugurado em 1968 sendo um novo cartão de visita para a cidade, situado na bela Praça Belmonte localizada no centro da cidade e a poucos metros do Rio Tietê trouxe à cidade muitos turistas.
Hoje em dia o prédio é o Centro Administrativo Ary Francisco Maia e funciona como centro de convivência social, oferecendo cerca de 30 cursos para o desenvolvimento técnico e para o lazer da comunidade, também atuam os departamentos da Prefeitura. 
 
     
  Hotel Turístico Municipal  
     
  Belmonte  
  Seu nome de registro é Paschoal Todarelli, foi cantor, compositor e um consagrado interprete da musica sertaneja. Pobre, foi varredor de rua, trabalhou em olaria e como garçom, sempre sonhando em ser artista.
Suas músicas foram regravadas por vários artistas sertanejos, a mais famosa é “Saudades da minha terra”, sua fama começou quando fez dupla com o Amaraí.
Nasceu em 02 de novembro de 1937, e faleceu em 09 de setembro de 1972 com 34 anos em um acidente automobilístico, foi sepultado em sua cidade Natal, Barra Bonita.
 
     
  Belmonte, ícone da história da música sertaneja.  
  Foto 01: Belmonte em Close;
Foto 02: Belmonte e a esposa Marlene;
Foto 03: Belmonte, Amarai e um fã, ao lado do TL branco, no qual ele fez sua última viagem.
 
     
  Fotos retiradas do site: http://www.gentedanossaterra.com.br  
     
     
     
     
  Vídeo de 100 anos de Barra Bonita - Centenário  
     
   
     
   
     
 
MELLO IMÓVEIS
 
NAVEGAÇÃO FLUVIAL MEDIO TIETÊ
 
 
MÃE NATUREZA
 
gv som


:: Designer: Daniel Bertolino - Copyright - Todos os direitos reservados - Site sem vínculo com Prefeitura Municipal ::